domingo, 28 de março de 2010

Por que os cachorros ficam grudados quando estão acasalando ?

O acasalamento dos cachorros é bastante estranha, não é? Este comportamento de ficar “grudados” dando impressão de dor e desconforto é uma das fases do acasalamento. Os cães possuem, obviamente, uma anatomia do pênis e da cérvix bem diferenciada de nós humanos. Vamos entender melhor como isso funciona.
Os cães machos possuem uma espécie de “bulbo” próximo a base dos testículos, chamado de “bulbus glandis“. Quando ocorre a ereção peniana, este bulbo é preenchido com sangue e isto fará com que ele aumente o seu volume. As cadelas possuem uma cérvix que é praticamente plana e possui uma “fossa”, na qual o “bulbo” peniano irá se encaixar. O processo de preenchimento sanguíneo do bulbo ocorre já no interior da vagina da cadela.
Uma vez com o bulbo inchado, é praticamente impossível que o pênis seja retirado da vagina. Parece ser uma situação desconfortável, mas tudo tem uma razão biológica de ser! Os cães machos possuem uma ejaculação por “gotejamento”, ou seja, eles liberam o esperma parceladamente, e podem demorar (dependendo da espécie) cerca de 30 minutos naquela posição estranha, conhecida como “grudar”, “colar” ou “engatar”. Esse grude na hora da cópula parece ser uma forma de minimizar as perdas de esperma e garantir a fecundação.
Na fase final da cópula, ocorre um movimento de rotação do macho sobre a fêmea, ficando juntos pela região caudal e virados para direções opostas, fase em que a ejaculação acontece.  Como o término o bulbo se retrai deixando os cães livres para se separar. E aí, é só aguardar a gravidez da cadela!
:o  Os cães podem ficar grudados por mais de meia hora até que a cópula termine.
Fonte: Saude Animal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.